Fotógrafo de casamento SP | Frankie e Marília | F&M | Pequenas doses | Small doses | 64 | Frankie e Marília | Buenos Aires Guide | Mini-Guia de compras e restaurantes de Buenos Aires
Fotógrafos de casamento em São Paulo disponíveis em todo Brasil e exterior | Frankie & Marília | Frankie e Marília | Destination wedding photographers from Brazil available worldwide
frankie e marília,fotografia de casamento,fotógrafo de casamento,fotógrafo de casamento são paulo,fotógrafo de casamento SP,destination wedding photography,brazil,brasil,interior de são paulo,interior de sp,casamentos diferentes,fotografia de casamento fazenda,fotógrafo de casamento fazenda,
6764
single,single-post,postid-6764,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-title-hidden,qode-child-theme-ver-1.0.0,qode-theme-ver-10.1.2,wpb-js-composer js-comp-ver-4.12,vc_responsive

Pequenas doses | Small doses | 64 | Frankie e Marília | Buenos Aires Guide | Mini-Guia de compras e restaurantes de Buenos Aires

Pequenas doses | Small doses | 64 | Frankie e Marília | Mini-guia de Buenos Aires (1)Nós estivemos em Buenos Aires pela primeira vez no ano passado (pra quem ainda não viu) e acabamos nos apaixonando. Esse ano acabamos perdendo uma pessoa querida da família e estávamos um pouco cansados de como esse ano tinha começado, quando percebemos que não poderíamos tirar férias mais pra frente no ano ficamos um pouco desesperados, então aproveitamos mais uma promoção de milhas pra dar uma escapada pra Buenos Aires de novo. Da outra vez, acabamos só conseguindo ficar 3 dias. Foram 3 dias sem visitar nenhum ponto turístico, acabamos só indo tomar café em lugares que tínhamos pesquisado e indo jantar fora.

Dessa vez, conseguimos ficar mais uns dias, mas acabamos quase não turistando nada de novo. Aproveitamos nosso tempo lá pra nos inspirar com essas coisas que nos motivam, e depois de alguns dias percebemos que o Pequenas Doses de Buenos Aires ia acabar virando algo maior, já que passamos por muitos lugares que nos inspiraram. Alguns deles foram lugares que já tínhamos ido da primeira vez, que realmente são INCRÍVEIS e merecem uma visita, outros são lugares que não tivemos tempo de conhecer da primeira vez e fizemos questão de colocar na nossa lista. Esperamos que esse mini/micro guia de como engordar/gastar dinheiro em Buenos Aires ajude quem esteja de viagem marcada.

Cada vez mais, essa cidade rouba um pouquinho do nosso coração. É impressionante como a mistura de moderno/antigo e de europeu/sul-americano criou um lugar tão cheio de cultura, que está impresso em tudo na cidade. Pra quem quer está buscando inspiração em alguma cidade em algum lugar fora do Brasil, realmente não precisamos ir muito longe.

Bem, vamos ao nosso mini-guia, esperamos que gostem!

We were in Buenos Aires for the first time last year (if you wanna check it out) and we’re a little in love. We ended up having some down time after a horrible start to our year and we really thought we needed some time off, and nothing like typical escapism to make things better. Last time we were down, we were only there for 3 days, that were devoted strictly to eating and checking out restaurants/stores we had been wanting to hit up.

We were able to take a little more time off this time around, although we didn’t do much sightseeing at all. We did our thing and drank coffee and ate at as many brunch joints as we could find. Some of which we had been to the first time we were there. We soon noticed that this would turn into something bigger than the usual “small doses” series of posts we work on every week.

People call Buenos Aires the Paris of South America. I think that’s so unfair to this awesome city. It’s so much more than that, it’s so full of awesome culture and food and art and architecture. This is definitely worth getting to if you’re ever on this side of the globe.

Well, let’s get to our little Buenos Aires guide of restaurants that aren’t on any guides.
Farinelli | Beautifully modern lunch/coffee spot in Recoleta | Buenos Aires Guide | Frankie e Marília
Estivemos no Farinelli na nossa primeira passagem por Buenos Aires, mas acabamos ficando tão encantados com o lugar que nem conseguímos fotografar nada com a câmera da outra vez (mas algumas fotos apareceram nos nossos instagrams). O Farinelli é aquele café/restaurante que você gostaria de poder almoçar todos os dias no intervalo do almoço no escritório, mas daí você lembra que não tem um Farinelli perto de você. O cardápio muda todos os dias e todos os pratos ficam montados no balcão (mas não é self-service). Daí você escolhe o que vai comer e eles te servem. É legal que você consegue “ver a cara” de tudo que você pode comer. Mas acho que mais do que a comida, que é deliciosa, o que mais nos chamou a atenção foram as sobremesas. Acho que esse é um problema geral em Buenos Aires, mas lá continua tendo a honra de ter o melhor Alfajor de Maizena que comemos por lá (e olha que nós comemos alguns). Você pode entrar e comer só uma sobremesa e tomar um café também. Eles tem algumas unidades, mas essa daí é a de Recoleta e é bem na frente da praça da embaixada de Israel, onde houve um atentado em 1992 e existe um memorial para as vítimas.

Farinelli is one of the places we had been to in our first time down there. It’s that kind of place you’d wanna go to on your lunch break every day if you could. The menu changes daily to better work with fresh ingredients and they set all of the food up on the counter, so you walk in and you see what’s on the menu, that way you can really get a look at what you wanna eat, but it’s not a buffet. Everything we had there both times was just incredible, but you can’t help but eat while thinking about dessert. They’re all displayed so incredibly, and they’re all delicious (I think that’s a major problem in Argentina, you always have to save room for dessert). We had their homemade Alfajores and crumbles and brought some fresh cereal bars home with us. It’s a good place for a cup of coffee too. They have a few different stores, but this one is in Recoleta, right in front of the Israeli Embassy Memorial from the 1992 bombing.
Farinelli | Beautifully modern lunch/coffee spot in Recoleta | Buenos Aires Guide | Frankie e MaríliaFarinelli | Beautifully modern lunch/coffee spot in Recoleta | Buenos Aires Guide | Frankie e MaríliaFarinelli | Beautifully modern lunch/coffee spot in Recoleta | Buenos Aires Guide | Frankie e MaríliaPequenas doses | Small doses | 64 | Frankie e Marília | Mini-guia de Buenos Aires (6)
Nós alugamos um apartamento no Airbnb de novo (como sempre fazemos quando temos viajado ultimamente). A Enseres é uma lojinha de produtos pra casa/cosinha que já estávamos querendo visitar desde a última vez. Na nossa última vez por lá também ficamos em Palermo, e pegamos um mapa do “design em Palermo” e umas das lojas que mais nos chamou a atenção no mapa foi a Enseres, mas só conseguimos passar por lá dessa vez – porque acabamos descobrindo que era bem bem bem do lado do nosso apartamento. Parecia que estávamos entrando em um acervo para editoriais/casamentos super modernos e nós queríamos trazer tudo pra casa. Trouxemos o que coube na mala, já que os preços eram super justos comparados com o que vemos em coisas aqui no Brasil, aos poucos algumas coisinhas devem ir aparecendo nos nossos posts de Pequenas Doses. Vale a visita pra quem for pra lá e estiver montado a casa ou quem gosta de cozinhar. Queríamos comprar tudo mesmo!

We rented an apartment on Airbnb again (like we’ve been doing every single time we’ve traveled overseas lately). And Enseres is a little kitchen/home goods shop in Palermo right next to the apartment we were staying at. So many beautiful wood/enamel pieces, we wanted to bring everything back with us. We did pick up a few things, they’ll eventually make their way into our Small Doses series. Definitely worth the visit if you’re into cooking, it felt like we had stepped into a Kinfolk editorial.

Enseres | Bazar Almacen Galeria | Modern housewares in Palermo | Buenos Aires Guide | Frankie e MaríliaEnseres | Bazar Almacen Galeria | Modern housewares in Palermo | Buenos Aires Guide | Frankie e MaríliaEnseres | Bazar Almacen Galeria | Modern housewares in Palermo | Buenos Aires Guide | Frankie e MaríliaEnseres | Bazar Almacen Galeria | Modern housewares in Palermo | Buenos Aires Guide | Frankie e MaríliaEnseres | Bazar Almacen Galeria | Modern housewares in Palermo | Buenos Aires Guide | Frankie e Marília
Pequenas doses | Small doses | 64 | Frankie e Marília | Mini-guia de Buenos Aires (12)

A Cocu também foi uma das muitas e muitas padarias/lugares pra tomar brunch que queríamos ter visitado na nossa primeira vez por lá. Já tínhamos visto várias fotos dela e ela já estava lá “pinnada” no nosso board de Buenos Aires do Pinterest (isso é algo que fazemos antes de toda viagem), mas como só ficamos lá por 3 dias da outra vez, não deu tempo de ir mergulhar nesses pãezinhos sensacionais. Nós fomos num sábado de manhã, mas chegamos bem cedo e ela estava relativamente vazia, e isso nos deixou preocupados. Fizemos nosso pedido (pedimos o menu de Brunch completo) e logo após fazer o pedido, a luz acabou – que significava que teríamos que ficar sem café. Ficamos lá curtindo nossa manhã de sábado e em pouco tempo eles arrumaram o problema de energia e trouxeram nossos cafés que estavam bem gostosos (pra quem gosta muito de café, em Buenos Aires você tem que aceitar que a cultura do café ainda não chegou com força como aqui em SP). Quando saímos de lá (rolando de tanto comer), a fila já estava do lado de fora e aí percebemos porque é um dos lugares de Brunch mais falados de Palermo.

Cocu Boulangerie is also one of the many bakeries/brunch spots we had in mind the first time we went down but really didn’t get a chance to hit up. We had pinned that baby all over our Buenos Aires board on Pinterest (and this is something we’ve been doing every time we go abroad now), and we were stoked we got to eat there this time. Beautifully doughy heaven. We both had the Brunch menu and it was a lot of food, all of which was incredible. Even though coffee in Buenos Aires still has a long way to go before it can catch up to other places that have been taking coffee more seriously for a while, the coffee here was pretty good. We went on an early Saturday morning and by the time we left, this place was PACKED. Definitely worth checking out, and it’s right next to Ninina Bakery.
Cocu | Boulangerie Cocu | Beautiful French Bakery in Palermo | Buenos Aires Guide | Frankie e MaríliaCocu | Boulangerie Cocu | Beautiful French Bakery in Palermo | Buenos Aires Guide | Frankie e MaríliaCocu | Boulangerie Cocu | Beautiful French Bakery in Palermo | Buenos Aires Guide | Frankie e MaríliaCocu | Boulangerie Cocu | Beautiful French Bakery in Palermo | Buenos Aires Guide | Frankie e MaríliaCocu | Boulangerie Cocu | Beautiful French Bakery in Palermo | Buenos Aires Guide | Frankie e MaríliaCocu | Boulangerie Cocu | Beautiful French Bakery in Palermo | Buenos Aires Guide | Frankie e Marília

Ahhhh, a Ninina Bakery <3 Não sabemos muito bem como falar desse lugar, até porque dá uma certa água na boca só de pensar. Nós estivemos lá na nossa primeira vez em Buenos Aires e acabamos indo duas vezes da outra vez. Dessa vez, era uma das coisas que mais queríamos fazer em Buenos Aires. A única coisa que falaremos sobre a Ninina é que é com certeza a melhor comida de Brunch que já comemos em nossas vidas. Sem exagero. Se estivéssemos no corredor da morte e fossemos obrigados a escolher um último café da manhã, esse seria o nosso café da manhã. Não tem muito como explicar, mas o negócio é bom. Ela fica bem ao lado da Cocu, então se você só tiver tempo pra ir em uma… mas se puder ir em duas, deixe a Ninina pra ir por último, porque você vai ficar comparando tudo na viagem com a Ninina e nenhum lugar vai ser igual. Quase não fotografamos dessa vez, porque já tínhamos postado algumas fotos no post que fizemos da nossa primeira vez por lá, fora que ninguém fica pensando em fotografar quando está nesse ambiente. Juro, que fome!

Where do we start when talking about Ninina Bakery ? It’s a little hard, but no hyperbole here, it’s the best place for Brunch we’ve been to, anywhere in the world (and we’ve done a little traveling/brunching). It’s that meal you’d choose if you were on death row. There’s nothing else we can say about this place besides the fact that the food is good, the coffee is extremely good for Buenos Aires (made on a La Marzocco) and if you don’t go to Ninina while in Buenos Aires you’ll probably gonna have to hate yourself forever. We’d suggest going towards the end of your time there, though. Otherwise you’ll just end up comparing every other breakfast place to them for the rest of your trip. We ended up not taking more pictures this time around since we had already posted some on our first post about Buenos Aires from the first time we were down there.

Ninina Bakery | Beautiful bakery in Palermo | Buenos Aires Guide | Frankie e MaríliaNinina Bakery | Beautiful bakery in Palermo | Buenos Aires Guide | Frankie e MaríliaNinina Bakery | Beautiful bakery in Palermo | Buenos Aires Guide | Frankie e Marília

Da nossa primeira vez por lá, nem tínhamos conseguido colocar os pés em San Telmo. Sim, como poderia um casal de fotógrafos ir até Buenos Aires e não ir até San Telmo / que vergonha / etc. Dessa vez fizemos de San Telmo uma prioridade, então guardamos o nosso domingo precioso para vistar a famosa feirinha de San Telmo. A feirinha de San Telmo é super legal, o bairro é cheio do mais puro charme argentino, mas é nessa esquina escondida que você realmente percebe que está em Buenos Aires, e que a cidade é toda cheia de um charme específico. É lá que fica o Café Rivas. De todos os lugares que estivemos em Buenos Aires, esse é o que mais nos fez voltar no tempo. Guarde seu dinheiro do Café Tortoni pra comprar doce de leite e vá ao Café Rivas ao invés do outro famoso. Sentamos lá à tarde por uma horinha, bebendo café e comendo medialunas e alfajores e olhando pro Bar Sur do outro lado da rua. Só vendo pra explicar a magia dessa esquina. Se você for a Buenos Aires, você vai na feirinha de San Telmo. Se você for na feirinha, fuja da muvuca por um tempinho pra tomar um café aqui no Café Rivas.

We ended up not going to San Telmo when we first went to Buenos Aires. We know, we know… how stupid! But we made special plans to spend our Sunday there this time around so we could go to the famous San Telmo Market. The market is fun, San Telmo is incredibly rich in its Porteño culture and it just has that Buenos Aires feeling in the air. But the market wasn’t the only thing we were really looking forward to in San Telmo, Café Rivas” title=”Café Rivas” target=”_blank”>Café Rivas was definitely one of the places we went out of our ways to get to in Buenos Aires this time around. We sat down in the afternoon for coffee and some medialunas and alfajores and it just felt like we were back in time. It sits on an amazing corner, kiddy corner to the famous Bar Sur. It’s as Buenos Airesy as it’s gonna get in San Telmo, and it’s a nice place to get away from the hustle and bustle of the market on a Sunday.
Café Rivas | A café to make you go back in time in San Telmo | Buenos Aires Guide | Frankie e MaríliaCafé Rivas | A café to make you go back in time in San Telmo | Buenos Aires Guide | Frankie e MaríliaCafé Rivas | A café to make you go back in time in San Telmo | Buenos Aires Guide | Frankie e MaríliaCafé Rivas | A café to make you go back in time in San Telmo | Buenos AiresPequenas doses | Small doses | 64 | Frankie e Marília | Mini-guia de Buenos Aires
Tá, mas se eu for pra Buenos Aires e me der uma vontade maluca de beber um café bom? Não vai ser muito fácil, mas existe um jeito muito bom de satisfazer sua vontade das proporções corretas de leite x café ou de pó x água x tempo de extração, o Lattente. É um café sem frescura (que é sempre uma coisa boa). Você entra, vai até um balcão e pede um café, que o barista faz e te entrega ali mesmo, de lá, você pode fazer o que bem quiser com a vida. Do jeito que um café deveria ser. A diferença de um café normal é que o café é realmente MUITO bem feito.

Coffee is still not a big thing in Buenos Aires, and you’re probably gonna hear that from everyone who has been there once you tell them you’re going to Buenos Aires for a month to learn Spanish. You can get an espresso anywhere in the city, but there aren’t many places where you can get a decent pull. Lattente is where you’ll wanna go when you start craving that cappuccino with the proper milk x foam x espresso ratio. Good Baristas, good coffee, no frills. Lattente | Most definitely THE PLACE for high quality espresso in Buenos Aires | Buenos AiresLattente | Most definitely THE PLACE for high quality espresso in Buenos Aires | Buenos AiresLattente | Most definitely THE PLACE for high quality espresso in Buenos Aires | Buenos AiresPequenas doses | Small doses | 64 | Frankie e Marília | Mini-guia de Buenos Aires
Mais uma jóia escondida de Palermo, a Paul French Gallery | Tealosophy | Tata Flowers | Decata Pasteleros são algo difícil de explicar. É um conjunto de coisas maravilhosas, escondidas atrás de uma porta que alguém poderia facilmente não perceber ao passar na porta. Se você estiver em Buenos Aires e passar na porta, entre. Se trata de um “jardim secreto” com um cafézinho, uma loja de chás, uma loja de flores e uma loja de decoração. Parece simples, mas é que cada uma dessas lojas é incrível no que faz. Não tem como descrever, mas vá comprar presentes e tomar um café nesse jardim escondido!

This is another little Buenos Aires hidden Gem. An awesome gathering of awesome stores hidden behind this tiny door in Palermo. Paul French Gallery | Tealosophy | Tata Flowers | Decata Pasteleros are hard to tackle on a blog post, but it’s a little secret garden filled with stuff you’d wanna spend your time looking/drinking coffee/eating delicious pastries at.Decata | Tata | Tealosophy| Buenos Aires Guide | Frankie e MaríliaDecata | Tata | Tealosophy| Buenos Aires Guide | Frankie e MaríliaDecata | Tata | Tealosophy| Buenos Aires Guide | Frankie e MaríliaDecata | Tata | Tealosophy| Buenos Aires Guide | Frankie e Marília

Passamos vários dias por lá e acabamos fazendo um milhão de coisas que não fotografamos. Acho que todo fotógrafo que já foi pra Buenos Aires por um segundo sonhou em ir passar um mês por lá fotografando, porque nós estamos completamente apaixonados pela cidade. Ficamos apaixonados por como a cidade é feita para ser vivida. E daí voltamos pensando, por que moramos em cidades? Nós aqui em São Paulo sempre falamos que moramos aqui por causa da vida cultural da cidade, porque temos tudo ao nosso alcance quando precisamos, porque temos os melhores restaurantes… mas nós dois sempre nos perguntamos se realmente “vivemos” a cidade como ela é feita pra ser vivida. Porque não passamos mais tempo na rua? O que acontece na cidade é o que acontece na rua, não o que acontece em casa ou no escritório. Por que não vamos mais aos parques? Por que não compramos cafés nos lugares e sentamos do lado de fora pra bebê-los enquanto conversamos? São tantas questões que entram nesse assunto. Quando conversamos sobre isso com nossos amigos, a primeira questão é a violência. Daí vem a falta de tempo. A mobilidade urbana… mas quando um vizinho decide que vai abandonar o carro, ou quando aparece uma ciclovia na porta de casa, a primeira reação de muitos é achar que as pessoas estão loucas. A reação é sempre a mesma, que isso é coisa de primeiro mundo, ou que isso só acontece na Europa, mas basta olhar para nossos vizinhos para ver o que podemos fazer. Esperamos que nosso mini-micro guia ajude a curtir mais seus dias em Buenos Aires e ajude um pouquinho a esse sonho de viver a cidade acontecer!

Buenos Aires is one of those places that you just really need to get to and spend some time exploring on foot. So many incredible places we could have talked about. Hope our micro-guide to Buenos Aires coffee and restaurant joints helps you make your trip down even more dreamy. Make this journey happen!

<3

No Comments

Leave a Reply