fbpx

Há um pouco mais de três anos tentaram me dar um golpe, que acabou criando a oportunidade para minha vida mudar e conhecer alguém muito especial. Me lembro da primeira vez que mandei uma mensagem de texto para a Marília, não imaginava onde as coisas iriam chegar – nos conhecemos, nos apaixonamos, e sonhamos muito juntos. Os dois sempre tiveram a vontade de tirar fotos de casamento, e depois de conversar muito à respeito (e com a ajuda de MUITA gente), nosso sonho se tornou realidade.

Eu já tinha um site semi-profissional pronto, já que já fazia freelances de fotografia – e quando começaram a surgir os casamentos que os dois fotografavam, meu nome foi atribuido às fotos e assim foi indo – mas sempre soubemos que não estava tudo certo. Não tinha a nossa cara, não eramos nós… e isso sempre foi um sonho nosso.

Há umas duas semanas fiquei muito inspirado ao ver um site de um casal de fotógrafos americano que gostamos, que contava a história de como tinham acabado de criar coragem para mudar de nome no meio da carreira. Sempre lutaram para equilibrar a vida, a família, e o trabalho – e aos poucos perceberam que o trabalho e a família fazem parte da vida deles, e não temos porque separar o que fazemos de como vivemos – já que trabalhamos com amor.

Nós somos quem somos, amamos um ao outro, e nossas fotos sempre serão uma reflexão das nossas personalidades e como vemos e vivemos o mundo – de uma maneira um pouco diferente do que as pessoas consideram “comuns”, e aceitamos isso. Nós estampamos em nós o que nós amamos, nossos amigos estampam o que eles amam (e o que nós amamos!) – nosso trabalho também tem que estampar o que nós amamos e as experiências que queremos ter com todos. A fotografia de casamento, de momentos e de amor não é um serviço, é a procura de uma (ou no nosso caso duas) pessoa que enxergue seu dia como você gostaria que ele fosse enxergado.

Há exatamente um ano atrás tiramos algumas fotos, da Fernanda e do Fausto. Foi a primeira vez que nosso trabalho apareceu em um blog de casamento. Até hoje as pessoas conversam conosco sobre essas fotos – foi um pouco antes disso que decidimos que era isso que queríamos compartilhar com o mundo.

Nós agora somos Frankie + Marília. Esperamos que vocês nos sigam nessa jornada!

muito amor!

-Frankie e Marília
31.10.2011

A little over 3 years ago, someone tried scamming me into giving them some money. That actually led me to meet someone who would change things around quite a bit in my life. We got to know each other better, and started dreaming about things we’d like to do together.
A while after that we decided to take a leap of faith and do what we wanted to do with our lives and we started shooting weddings together. I already had a fairly decent website up, and at the time it just seemed easier to start posting them there – and after a while it just seemed easier to keep doing things that way – up until a few weeks ago.
I was up late reading a post on a blog that belongs to another couple that shoots weddings together, and they were talking about how they had tried to balance their lives, family, and work all at the same time – when actually their work was part of the lives they lived with their family, and how it was easier just to embrace all of it and to not be scared of living out your life and sharing it with your customers.

We are who we say we are, we act the way we say we act. We love things that are very dear to us, and sometimes we feel a little awkward being “weird” kids in Brazil that don’t fit in to the norm here, but this is who we are! Wedding photography is not about the service that is provided to you on your big day, but it is about finding that one person (or two) that see things the way you do, or that would look at your big day through a different set of eyes and might be willing to “paint” it a different way.

We are now Frankie and Marília. We hope you follow us on our journey!

love,

-Frankie and Marília
10.31.2011